terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Por trás das "ingênuas" campanhas publicitárias

Sempre tive curiosidade sobre porque tantas grandes empresas fazem concursos do tipo “Escreva uma frase dizendo porque o nosso produto é o melhor. A melhor frase ganhará um prêmio”. A curiosidade vinha do fato de considerar esse tipo de competição bastante patética mas, ao mesmo tempo, por ser feita por grandes empresas, talvez tivesse alguma jogada de marketing inteligente por trás.

Bingo! E não é que tem mesmo? Minha curiosidade era partilhada com o especialista em persuasão, Robert Cialdini, autor do livro “As armas da Persuasão”, que eu recomendo bastante.

Cialdini fala sobre todas as formas de persuasão descobertas por sua equipe e uma delas chama-se Consistência (em outros textos falarei de outras formas de persuasão).

Os seres humanos são consistentes e repetitivos em seus comportamentos: se alguém diz ou escreve algo sobre alguma coisa, provavelmente irá manter a opinião sobre aquilo durante um bom tempo – principalmente se o que foi dito é público!

O compromisso social de fazer uma afirmação faz com que tendemos a repetir esse comportamento posteriormente, ou seja, o compromisso social que uma pessoa ao adquirir um determinado produto no qual ela escreveu publicamente, há algum tempo, que era o melhor produto entre os concorrentes é muito maior do que se essa mesma pessoa não tivesse afirmado nada sobre nenhum produto.

A consistência, na história da evolução humana, está relacionada com o prestígio que queremos ter socialmente: pessoas que não seguiam suas palavras, provavelmente, eram mal vistas na sociedade e consideradas de pouca confiança.

Privadamente, o mesmo efeito pode ocorrer – nesse caso, a história evolutiva humana explica a consistência como uma forma de não gastar tanta energia com o que já se pensou antes: se uma pessoa já afirmou, em outro momento, que algo é melhor, o cérebro não precisa gastar energia sobre outras formas de pensar sobre coisas novas, então aceita a opinião que anteriormente foi aceita (se você já escreveu que o produto X é o melhor, então por que pensar que outros produtos podem ser melhores?).

Portanto, cuidado com o que você afirma por aí, mesmo que pareça algo totalmente inocente. Antes de participar de “competições ingênuas”, pense bem. Eles podem estar preparando uma armadilha para o seu cérebro.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...