quarta-feira, 30 de setembro de 2015

LSD, Rivotril e antidepressivos: como as drogas podem ajudar você

Estava lendo o livro "Psicoterapia com LSD" e imaginando como poderia fazer uma boa resenha dessa obra organizada pelo psicoterapia Alberto Fontana e que conta com textos de outros autores.

Na obra, os autores falam dos benefícios que drogas como LSD ou cogumelos alucinógenos, quando eram permitidos, podem ter na psicoterapia.

É simples entender o argumento deles: imagine uma pessoa bêbada que sente-se mais à vontade para expor suas ideias (e emoções, como no caso das pessoas que bebem e falam de um amor que foi embora).

Do mesmo modo que o álcool estimula a desinibição, drogas como LSD podem "abrir a mente" para certas emoções que estão inibidas no inconsciente. Ao utilizar a droga, o psicoterapeuta treinado para tal poderia direcionar a terapia por caminhos da mente que antes estavam bloqueados.

Não é assim, também, que drogas como Rivotril (para ansiedade) ou antidepressivos funcionam? Elas são drogas legais que modificam a maneira como nos sentimos e nos comportamos.

A única diferença entre LSD e drogas legalizadas é que estas últimas sabemos, exatamente, como elas responderão ao corpo humano.

Drogas diversas poderiam, sim, ser utilizadas para criar estados alterados de consciência que seriam importantes para tratamentos de diversos problemas (depressão, ansiedade, traumas etc).

EXISTEM FORMAS NATURAIS (E MAIS SAUDÁVEIS) DE ALCANÇAR ESTADOS ALTERADOS

A questão por trás disso tudo é que existem diversas outras formas não químicas de alcançar estados alterados de consciência. Como as drogas alucinógenas, em sua maioria, são proibidas e provavelmente ficarão proibidas por um bom tempo, é importante encontrar métodos que possam ajudar na terapia:

- Hipnose: é a minha área de atuação e funciona como uma terapia em si mesmo (e como uma ferramenta coadjuvante em outras áreas) e é excelente para mudanças de comportamento e tratamentos mentais.

- Yoga: Yoga e hipnose se assemelham em diversos aspectos e a yoga pode ser extremamente importante para alcançar estados diferenciados da mente e do corpo.

- Meditação: Envolve tanto práticas da yoga como da hipnose. O terapeuta que sabe meditar e ensina isso aos seus clientes pode ajudar bastante a alcançar objetivos terapêuticos.

Tais práticas, inclusive, podem ser recomendadas para evitar o uso indiscriminado de medicamentos psiquiátricos.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...