sábado, 18 de julho de 2015

Pessoas bem-humoradas ganham mais nas empresas

O bom humor é tão importante na vida de uma pessoa que segundo o livro "The Levity Effect" (O Efeito Leveza, em tradução livre), do consultor organizacional Adrian Gostick e do humorista Scott Christopher, os profissionais bem humorados geralmente ganham mais e são mais produtivos nas empresas.

Os autores explicam que bom humor não significa falta de profissionalismo, mas ao contrário: amor ao que está fazendo e por isso se faz de forma divertida. Profissionais extremamente sérios, por outro lado, podem ser vistos como pessoas rígidas e pouco criativas.

A "leveza" do título do livro indica justamente que tipo de bom humor que os autores estão falando: é um bom humor relacionado com a falta de senso de obrigação perante o trabalho e uma alegria por se estar fazendo o que se gosta com liberdade (já que o clima organizacional também deve ser leve, não apenas o profissional).

E é aí que entra a produtividade: por terem o sentimento de que não estão no trabalho por obrigação - e por isso o bom humor - o profissional produzirá muito mais e logo terá bons resultados e melhores salários.

Eles indicam que os chefes também devam ser bem-humorados e apesar deles temerem que o bom humor seja confundido com falta de respeito com os colaboradores, os autores alertam: mas isso é um engano, geralmente os colaboradores não respeitam os chefes que não respeitam os colaboradores, mas jamais deixariam de respeitar um chefe extremamente profissional mas com boas doses de humor.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...