quinta-feira, 23 de julho de 2015

O que é Programação Neurolinguística

Uma das coisas que mais me impressionou ao conhecer o trabalho de Richard Bandler e John Grinder, os criadores da Programação Neurolinguística (PNL), foram as afirmações de que muitas das coisas que as psicoterapias diziam não eram verdade e que eles poderiam provar. 

Eles quebraram alguns paradigmas como:

- Não é necessário passar muito tempo em terapia para mudar - o ser humano pode aprender muito rápido!

- O sofrimento não é necessário para realizar mudanças, você pode mudar se sentindo bem;

- As teorias psicológicas podem não ser suficientes para resolver os problemas de uma pessoa, tente fazer o que os outros não fizeram;

Segundo Bandler, a PNL nada mais é do que uma série de técnicas e atitudes para alcançar a excelência no que se busca, mas nem sempre a PNL foi isso.

Apesar de hoje em dia as livrarias estarem lotadas de livros como "PNL para vendas", "PNL para os negócios", muitas pessoas que fizeram cursos de PNL não sabem que ela é hipnose. Suas técnicas de comunicação, no início, eram chamadas de hipnose, com o nome puro mesmo.

Mas a hipnose nas décadas de 60 e 70 não tinha muita aceitação e era mal vista pelas pessoas. Por isso a criação de um novo nome [Programação - termo tirado da informática, área de estudo do Bandler] Neuro [relacionado ao cérebro] e linguística [área de atuação de Grinder, que era linguista, e também se relaciona com a linguagem, principal ferramenta da hipnose].

Quem estuda tanto a PNL como outras vertentes da hipnose percebem rapidamente que seu poder de transformação de comportamentos está muito além das possibilidades da maioria das psicoterapias.

Em outras postagens, explicarei como funcionam algumas ferramentas da PNL e como você pode aprender a utilizá-las.

Recomendo os livros Atravessando e Ressignificando para os iniciantes, ambos são de autoria do Richard Bandler e John Grinder.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...