quarta-feira, 22 de julho de 2015

Milton H. Erickson: o mago do deserto

Milton H. Erickson é o principal nome da hipnose e revolucionou totalmente a área com sua abordagem incrivelmente inovadora, dando seu nome ao que viria ser chamada de "Hipnose Ericksoniana", uma maneira diferente de hipnotizar do que o mundo já conhecia até o momento.

Imaginem aquelas hipnoses de palco. Um hipnotizador utiliza um relógio ou um pêndulo e com comandos diretos e até autoritários induz um transe hipnótico - essa era a forma mais conhecida de se hipnotizar e talvez a única existente na época de Erickson (lá por volta dos anos 40, nos Estados Unidos).
Erickson, que possuía uma abordagem totalmente naturalista, defendia que as pessoas possuíam dentro de si todas as ferramentas necessárias para resolver seus problemas - o terapeuta não tem necessidade nenhuma de "oferecer" algo ao paciente além de induzir seus próprios estados mentais que possibilitarão a mudança.

Partindo dessa ideia, qualquer informação que o paciente trazia para Erickson era utilizada para induzir o transe. Se o paciente chegava triste, reclamando da vida, Erickson provavelmente faria uma postura de tristeza, reclamaria da vida também como uma forma de entrar na realidade do paciente e, a partir daí, ajudar a mudá-la.

Como William H. Hanlon afirma em seu livro "Raízes Profundas", Milton Erickson parecia ser um editor das experiências humanas: cortando e colando informações, fazendo emendas aqui e aculá e alterando a percepção que uma pessoa tem sobre suas experiências.

Erickson dizia que acreditava que as pessoas tinham problemas principalmente porque observavam para suas experiências sob o mesmo enfoque - bastava, então, mudar esse enfoque para que o problema pudesse ser visto como outra coisa, até mesmo uma oportunidade positiva.

Um dos métodos de trabalho mais interessantes utilizados por Erickson era fazer regressões de idade até a fase infantil em seus pacientes na maioria dos atendimentos que ele realizava: segundo ele, crianças tem uma maior facilidade para aprender coisas novas e, como adultos, esquecemos como aprender e ficamos presos a nossos problemas - resgatar essa curiosidade infantil era uma excelente forma de mudar a forma como lidamos com nossas dificuldades.

---

O nome do título "O Mago do Deserto" é uma referência a região em que Milton H. Erickson viveu, Phoenix, no Arizona e também o nome do seu filme-documentário. Mais informações aqui.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...