segunda-feira, 8 de junho de 2015

Por que os outros são mais felizes do que eu?

Na era da internet e das redes sociais, é possível acharmos que os outros são mais felizes, principalmente porque todos realmente parecem mais felizes. Fotos em viagens e festas, relacionamentos sérios divulgados, textos motivacionais. Todos parecem muito bem, não é mesmo?

A realidade é bem diferente. Lembro-me de uma vez que eu conversava com um amigo que disse que não conseguia estar bem como a maioria. Questionei: "que maioria?" e ele disse que todas as pessoas pareciam bem. Percebi que aquilo era uma ilusão criada pelas redes sociais. Assim como ele achava isso dos outros, meu amigo também parecia estar muito bem para os outros - em suas fotos, sempre parecia feliz, viajando para diversos lugares e em ótimas companhias.

Comparações não são saudáveis e chegam a ser inúteis. Ninguém  melhora ou muda porque se comparou a outra pessoa. Nada acontece, senão piorar sua própria situação, quando você se compara a outra pessoa.

Existe, entretanto, uma forma saudável de imitação (e não comparação): copie e use para si mesmo os comportamentos interessantes que você observa nos outros. Isso se chama modelagem (leia mais aqui) e é uma das técnicas mais famosas da Programação Neurolinguística.

Que comportamentos interessantes podem ser copiados? Bem, existem vários e eles precisam ser de acordo com seus objetivos, mas aqui vai algumas dicas: Se você admira alguém que estuda muito, copie esse habito de estudar bastante; ou alguém que seja bastante popular por conta de seu trabalho, realize trabalhos que o tornem interessante e chame a atenção dos outros para você.

Assim, melhor do que se comparar inutilmente, é agir para se tornar alguém cada vez melhor.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...