segunda-feira, 4 de maio de 2015

Não existe comportamento sem um ambiente para estimulá-lo

Lembro de uma propaganda da TV que mostrava um rapaz jogando um cigarro no chão e, de repente, iniciando um pequeno incêndio - logo depois aparecia a mensagem para não jogar lixo no chão.

Eu também me recordo de outro fato: o comercial foi feito numa praça perto da minha casa e nessa praça não há absolutamente nenhum lixeiro disponível.

Mario Wagner
A propaganda me fez pensar que as vezes é exigido da sociedade um determinado comportamento sem que antes haja o ambiente para educá-lo e estimulá-lo: primeiro as pessoas precisam saber o que fazer e depois precisam ter, à disposição, o ambiente adequado para se comportarem corretamente (é preciso haver lixeiros para se jogar o lixo lá).

Outra propaganda (também do governo) ensinava o povo a usar a faixa de pedestre - utilizaram um comediante famoso na minha cidade que fazia brincadeiras no vídeo e depois colocaram várias faixas de pedestre por toda a cidade, ou seja, educaram a população sobre como se comportarem e deram o ambiente adequado para que os comportamentos ocorressem.

O que aconteceu? Uma boa parte dos carros realmente passou a parar na faixa, mesmo sem um semáforo.

Educação comportamental pode ser cultural quando uma sociedade está bastante acostumada com determinado comportamento - passa de uma pessoa para outra, de geração para geração - mas uma sociedade atrasada, em que apenas uma pequena parte de seus membros possuem comportamentos adequados e adaptados às necessidades de todos, é preciso que haja educação por muito tempo até que todos - ou uma grande maioria - estejam agindo de forma mais inteligente.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...