terça-feira, 7 de setembro de 2010

Caros eleitores otários

Meus caros eleitores otários. Peço-lhes um momento de atenção para fazer o meu pronunciamento sincero de candidato a cargo público. Caso eleito, não pretendo fazer nada além de enriquecer à custa do dinheiro desviado de impostos pagos por vocês. Sim, vocês me colocarão aqui para roubá-los. Vocês não me conhecem, não sabem como e onde trabalhei durante toda minha vida, mas mesmo assim votarão em mim apenas pela propaganda na TV e pelos comícios cheios de compra de votos que farei por todo o meu estado. Sairão denúncias feitas por meus adversários contra mim durante a campanha, mas nada disso vai importar para vocês: a maioria não entenderá as denúncias pois são um bando de ignorantes sem estudo e sem vontade e ignorarão por completo os noticiários. Um dia, sem emprego e sem nenhuma esperança no horizonte, vocês, meus queridos, irão xingar um político abstrato e dirão mais ou menos assim: “Só existe político ladrão nesse meu país. Eu tenho vergonha de ser brasileiro”. Pois digo-lhes seus idiotas que votam em mim: tenham sim vergonha de serem brasileiros, pois enquanto houver políticos como eu haverá gentinha como vocês, que me colocam aqui. Se sou ruim para o meu país, imaginem quem me coloca aqui e paga o meu salário que paga o meu roubo. Esta é a minha primeira candidatura, mas virão outras e no futuro eu terei os “fieis”, uma gente retardada que torcerá e fará tudo para me manter no poder – e me defenderão ainda mais se eu fizer besteira e for pego pela polícia, quanto mais crimes eu cometer, mais advogados aparecerem para minha defesa. Já com a política estando profissionalizada em meu currículo, virão as críticas de sempre dos intelectuais da sociedade, que escreverão: “O político Fulano de Tal é um corrupto, não pode ser eleito, ele roubou o país, teve mandato cassado por 8 anos e agora está de volta, isso é um absurdo!”. Mas nada disso fará diferença: o eleitor otário, ignorante, fiel que é você não se importa com as denúncias, que, para vocês, são criadas apenas pela inveja ou pela necessidade dos meus adversários de terem fatos contra a minha pessoa. Existirá até um certo movimento na sociedade para impedir a minha candidatura, mas isso, ao contrário de me tirar votos, aumenta os meus simpatizantes. A divulgação de uma candidatura, negativa ou positivamente, só traz efeitos positivos para um candidato, visto que a população nem mesmo entende as denúncias, entendem apenas que algo está sendo divulgado. Chegarei, enfim, a um ponto em que não conseguirei mais perder meu mandato. Estarei enraizado no sistema político por tanto tempo, terei tanto controle da política e da sociedade, que mesmo cheio de críticas e denúncias a meu respeito, nada será forte o suficiente para fazer-me perder as eleições. Serei odiado por grande parte da população, criarão leis para que políticos corruptos como eu sejam afastados do sistema e mesmo assim eu conseguirei superar as leis, superar o aparente ódio da maioria e serei eleito quantas vezes eu quiser.

Gostaria de dizer-lhes, meus caros eleitores imbecis, que não há nada que possa me tirar do meu lugar. De um jeito ou de outro as pessoas votarão em mim e no meu projeto político de enriquecer pessoalmente. Peço aos jornalistas que poupem as críticas a mim, nada do que eles façam impedirá a minha candidatura. Então, vamos ganhar tempo e eleger automaticamente os políticos como eu que certamente ganharão.

Agradeço a todos e eu conto com seu voto!

Um comentário:

polianapessoa15 disse...

kkkkkk amei. Os desfavorecidos intelectualmente acredite são os que mais sofrem, passa governo... e continuam na mesma.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...